17 de Janeiro de 2012
DF: Meta da Delegacia de proteção à criança é prender um agressor sexual por semana

Veículo: 
Jornal de Brasília

Dados da Secretaria de Segurança Pública revelam que entre janeiro e outubro de 2011 foram registrados 671 casos de estupro no Distrito Federal. O número representa um aumento de 33% em relação ao mesmo período de 2010. O levantamento aponta, ainda, que 70% dos casos ocorreram dentro de casa, e 90% das vítimas foram crianças. Para reduzir esses índices, a delegada Valéria Martirena, chefe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), estabeleceu como meta prender um agressor por semana. Nos últimos 16 dias, um padre, um pastor, um pedreiro e um taxista foram presos por acusações do tipo. O professor de Psiquiatria Rafael Boechart acredita que as prisões vêm crescendo porque crianças, adolescentes e jovens atualmente têm mais acesso às informações e mais coragem de denunciar.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.