23 de Agosto de 2012
Judiciário não está preparado para casos de abuso

Veículo: 
Jornal de Brasília
Folha de Pernambuco

A corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Eliana Calmon, disse ontem (22) que o Poder Judiciário não está preparado para tratar dos "gravíssimos problemas ligados aos adolescentes, como o abuso sexual, que está se alastrando, destruindo a alma das crianças". Ela disse que o Brasil tem evoluído nas políticas públicas de proteção à criança e ao adolescente, desde 1988, com a promulgação da Constituição Federal. "Falta fiscalizar e intensificar o trabalho integrado com as parcerias para melhorar o quadro da exploração infantil na área do trabalho", disse. Eliana Calmon participou ontem da abertura do Seminário Nacional para a Erradicação do Trabalho Infantil, promovido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Patrocínio
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.