06 de Janeiro de 2012
Justiça garante acesso à redação do Enem para três alunos

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

No Rio de Janeiro, três estudantes conseguiram na Justiça o direito de ter acesso à versão corrigida de suas redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As decisões também permitiram que seja realizada a  revisão da nota, caso haja erro. Os três estudantes, todos vestibulandos de Medicina, discordaram da avaliação que tiveram. Dois deles já receberam do Ministério da Educação (MEC) cópia das redações corrigidas. Segundo os corretores, um deles tirou zero porque teria fugido ao tema proposto da redação. "O aluno é exemplar e, na opinião de vários professores consultados, não fugiu do tema", disse o advogado Diogo Rezende de Almeida, que defende os alunos. Os outros dois inscritos reclamam de terem tirado notas baixas, o que não é comum em seus currículos escolares.

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.