22 de Junho de 2017
ONU recebe propostas para iniciativas de prevenção à violência por meio do esporte no Rio e no DF

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) lançou na segunda-feira (19) uma chamada para receber propostas de organizações da sociedade civil que atuem no campo do empoderamento da juventude, em especial por meio do esporte.

Estão habilitadas a concorrer organizações baseadas no Distrito Federal ou na região metropolitana do Rio de Janeiro que tenham experiência na implementação de projetos de prevenção no contexto esportivo, por meio de atividades de conscientização para comunidades seguras e saudáveis ​​que divulguem os benefícios do esporte para evitar que jovens se envolvam em crimes, em violência e no abuso de drogas.

As propostas devem ser apresentadas em inglês e estar de acordo com as diretrizes da chamada. O período de inscrições vai até 17 de julho.

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável enfatiza a crescente contribuição do esporte como ferramenta para a promoção da paz, da tolerância e do respeito. Também destaca as contribuições que o esporte pode dar para o empoderamento das comunidades e indivíduos — particularmente mulheres e jovens —, bem como para saúde, educação e inclusão social. Oferecem oportunidades para o desenvolvimento de habilidades para a vida de jovens em situação de risco.

Com base nos resultados do 13º Congresso das Nações Unidas sobre Prevenção do Crime e Justiça Criminal, realizado em Doha, no Qatar, em abril de 2015, bem como em seu conhecimento no campo da prevenção do crime e do abuso de substâncias, o UNODC lançou uma iniciativa global com foco na prevenção da criminalidade juvenil por meio do desenvolvimento de habilidades para a vida no contexto esportivo.

O Programa Global para a Implementação da Declaração de Doha tem entre seus objetivos a promoção da resiliência de jovens em risco, recorrendo aos esportes como veículo para ajudar a construir habilidades de vida que abordem vulnerabilidades ligadas à violência, ao crime e ao abuso de drogas.

Um componente-chave dessa iniciativa é o programa “Vamos Nessa”, que se traduz em um currículo de treinamento de habilidades para a vida por meio de esportes. O programa envolve treinadores esportivos, professores e outros profissionais que trabalham em ambientes esportivos no desenvolvimento de habilidades de vida para resistir às pressões sociais para o envolvimento no crime, na violência e nas drogas.

O programa de treinamento está sendo testado pela primeira vez no Brasil este ano em centros esportivos, com foco em instalações em comunidades vulneráveis e, posteriormente, será implementado em diversos países.

Clique aqui para acessar a chamada de propostas.
Clique aqui para acessar a ficha de inscrição.
Clique aqui para acessar a planilha de orçamento.

Fonte: ONU Brasil

 

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.