20 de Abril de 2017
UE apresenta exemplos de sucesso de cidades inteligentes durante Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável

As cidades nunca estiveram tão populosas. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), mais da metade da população mundial já vive em centros urbanos e, até 2030, esse número deve subir para 70%. Com tanta gente aglomerada, problemas e soluções começam a surgir. Até o início dos anos 1990, o conceito de “smart cities” (cidades inteligentes) era mais uma discussão acadêmica do que uma prática do dia a dia. Nos últimos tempos, essa realidade mudou com o avanço da tecnologia e a necessidade de repensar o uso dos espaços urbanos respeitando a sustentabilidade.

No mundo todo já existem cidades consideradas inteligentes e outras dando os primeiros passos. Para mostrar iniciativas bem-sucedidas, a Delegação da União Europeia (UE) no Brasil participa, de 24 a 28 de abril, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, da 4ª edição do Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS). O objetivo é trocar experiências entre municípios da UE e do Brasil e apresentar exemplos de cidades inteligentes sustentáveis para prefeitos, técnicos municipais, autoridades governamentais, acadêmicos e empresários brasileiros.

O embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho, participará, no dia 26, às 12h30, da cerimônia de lançamento dos projetos Fortalecer Municípios e Proteção de Crianças e Adolescentes em Eventos e Festas Populares, ambos co-financiados pela União Europeia. Às 11h30, o embaixador e outros oficiais dos Estados Membros da UE no Brasil farão uma visita ao estande Vila Europeia, onde representantes da delegação de cidades europeias estarão presentes para apresentar soluções inteligentes que ocorrem em cidades como Amsterdam, Estocolmo, Lisboa, Milão, dentre outras. Ainda no dia 26, ocorrerá a assinatura do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia com o atual presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Mário Lacerda.

Durante o evento, a UE reforçará o compromisso com uma Nova Agenda Global, incluindo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDG), o Acordo de Paris sobre as Alterações Climáticas e a Agenda Urbana para a UE.

No encontro, serão 22 salas temáticas com diferentes assuntos. Entre eles: garantia da qualidade e do acesso universal à saúde; financiamento e implementação da Nova Agenda Urbana e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS); cidades inteligentes, humanas e eficientes; desafios da mobilidade urbana; eficiência energética, iluminação pública e energias renováveis; transparência na gestão, prevenção e combate à corrupção. A delegação da UE estará com dois espaços: Estante Institucional União Europeia e na Vila Europeia. Neles, ocorrerão atividades, palestras, workshops.

Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável - é um evento bienal que reúne prefeitos de todo país, além de ministros, parlamentares, secretários municipais e estaduais, pesquisadores, estudantes e integrantes de delegações estrangeiras. Realizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), este ano, o tema do encontro é "Reinventar o Financiamento e a Governança das Cidades”.

“Smart Cities” (Cidades Inteligentes) – São um misto de capital humano e tecnologia que tem por objetivo uma melhoria no desenvolvimento de uma cidade de forma sustentável. As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) são utilizadas para viabilizar o crescimento econômico e uma melhora na qualidade de vida, uma boa gestão de recursos naturais e energéticos, com participação do Estado. Os investimentos são em cinco principais áreas: meio ambiente, mobilidade, interação cidadão-governo, qualidade de vida e economia/pessoas criativas.

Informações:

Gabriela do Vale
brasilia@atrevia.com
61 99354-4242

Carla Piqué
cpique@atrevia.com
11 97128-4800

 

Patrocínio
Petrobras