No âmbito do programa Primeira Infância é Prioridade, o Instituto da Infância (Ifan) realizará 18 oficinas de parentalidade com foco nessa parcela da população em quatro comunidades da capital cearense, Fortaleza. Nesses mesmos bairros serão promovidas exibições de vídeos e exposições fotográficas. A esse conjunto de ações o Ifan intitulou Olhares Eco Protetores.

Produzidas no contexto do projeto Olhares Eco Protetores, as oficinas terão como eixo norteador a prevenção da violência doméstica e os direitos das crianças, tendo a comunicação comunitária como elemento central. Poderão participar as famílias e demais membros das seguintes comunidades: Mucuripe, Praia do Futuro II, Cais do Porto e Vicente Pinzon.

Intitulada Refinando Cuidados, a exposição de vídeos apresentará produções sobre os temas violência doméstica; agressão e castigos físicos contra crianças; e negligência infantil. Já exposição de fotografias terá o título Olhares Eco Protetores: a Criança e a Cidade e trabalhará aspectos como moradia e saneamento; mobilidade e circulação; espaços para brincar; educação e cultura; participação infantil; e interação com a natureza.

Estas últimas ações visam o empoderamento da criança, tornando-as agentes comunicadores de bem-estar, de convívio social e de respeito pela natureza, ampliando as possibilidades para o desenvolvimento integral, promovendo e assegurando os direitos de cada menino e menina participante.

Sobre o Ifan
Criada com o objetivo de produzir e disseminar conhecimentos inovadores sobre a infância no Nordeste do Brasil, a instituição consiste em grande gestora de conhecimento sobre a população com idades entre zero e 12 anos que habitam aquela região do país.