Agências da ONU têm proposta de enfrentamento comum ao trabalho infantil na América Latina e Caribe

Compartilhe

Sob a liderança da Organização Internacional do Trabalho (OIT), as Agências da Organização das Nações Unidas (ONU), lançam documento nesta terça-feira, dia 8, às 13 horas, na Casa da ONU, em Brasília, para criação do Grupo Interagencial sobre Trabalho Infantil (GITI). O Grupo terá um Fundo próprio para desenvolvimento das ações, aberto à contribuições de pessoas físicas, jurídicas, governos e da cooperação internacional que precisa de U$ 20 milhões para o desenvolvimento das ações previstas.

No documento, intitulado Prioridades do Sistema das Nações Unidas para enfrentar o trabalho infantil na América Latina e Caribe – Um Compromisso Comum, as agências da ONU reconhecem as mudanças econômicas e avanços ocorridos na América Latina e Caribe nos últimos anos, como aredução de 14,1 milhões para 12,5 milhões de crianças e adolescentes expostos ao trabalho. Mas alertam que apesar de 58 milhões de pessoas terem sido retiradas da linha da pobreza absoluta, ainda estão nesta situação 167 milhões de indivíduos. Neste cenário, e frente ao compromisso assumido pelos governos da Região de eliminar as piores formas de trabalho infantil até 2016, as Agências da ONU reafirmam a necessidade de uma ação combinada e mais incisiva.

A eliminação das piores formas de trabalho infantil é o primeiro dentre os compromissos e desafios do GITI. Também estão focadas ações específicas para enfrentamento ao trabalho infantil rural, com especial atenção a oferta de educação de qualidade e o envolvimento das organizações de agricultores. Além destes estão elencados como desafios e compromissos o trabalho entre crianças e adolescentes dos povos indígenas, e o trabalho infantil doméstico.

A geração de conhecimento e a proteção ao trabalho descente são os outros dois tópicos que merecem atenção no documento. Além da OIT, integram o GITI as Agências da ONU que já desenvolvem, isoladamente, ações de enfrentamento ao trabalho infantil: Organização Panamericana de Saúde/OMS; Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD); Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), ONU Mulheres; Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO); Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF); e o Fundo das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Os jornalistas interessados em participar do evento devem enviar nome completo e número de documento de identificação para o endereço [email protected] para facilitar a entrada no prédio da ONU.

Serviço

O quê: Lançamento de documento do Grupo Interagencial sobre Trabalho Infantil (GITI) das Agências das Nações Unidas

Quando: Terça-feira, 08/10/2013

Horário: 13 horas

Onde: Casa da ONU, Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802

Mais informações:

Severino Goes (61) 9981.2187 (61) 2106.4625

Christina Velho (61) 8110.0728 (61) 9264.7887