02 de Agosto de 2013
AL: Diarreia mata 51 no estado

Veículo: 
Jornal de Brasília

O número de mortes devido a uma epidemia de diarreia em Alagoas subiu de 50 para 51 ontem (1), segundo a Secretaria de Saúde do estado. O secretário estadual, José Villas Boas, disse que falhas no atendimento aos primeiros pacientes que procuraram assistência médica nos municípios podem ter contribuído para as mortes. Mais de 80 mil pessoas foram atingidas pela epidemia. Do total de mortos, 29 eram idosos e 19 crianças – a maioria, segundo ele, tinha pouco mais de um ano. Dos 25 municípios atingidos, 16 têm epidemia. O secretário afirma que a situação está sob controle. “É inadmissível que, em pleno século 21, ainda morram pessoas por diarreia. Felizmente, com as medidas adotadas, estamos saindo dessa situação”, declarou.

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.