05 de Dezembro de 2012
Bombardeio em escola mata 28 crianças sírias

Veículo: 
Jornal de Brasília
Diário de S. Paulo

 

Um bombardeio atingiu ontem (04) uma escola no campo de refugiados de Wafideen, a 20 quilômetros de Damasco, na Síria, matando ao menos 28 estudantes e um professor. A origem do ataque ainda não foi esclarecida. Enquanto isso, tropas do governo e rebeldes trocam acusações sobre a responsabilidade pelo atentado. O campo de refugiados de Wafideen é o lar de mais de 25 mil pessoas que foram expulsas das Colinas de Golã pela ocupação israelense, que começou em 1967. Segundo o grupo de ativistas Observatório Sírio de Direito Humanos, o ataque teria sido obra do governo. O órgão acrescentou que 16 pessoas morreram na província de Damasco em confrontos entre forças de segurança e insurgentes.

 

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.