19 de Janeiro de 2012
Censo da Educação 2011: País perde 400 mil alunos no ciclo básico

Veículo: 
Valor Econômico

As primeiras informações a respeito do Censo da Educação Básica de 2011, divulgadas nesta quinta-feira (19) pelo Ministério da Educação (MEC), mostram que o total geral de matrículas nas escolas públicas e privadas do País caiu em relação a 2010. A queda é concentrada nos anos iniciais do ensino fundamental: na etapa que compreende da 1ª à 4ª série, o País perdeu quase 400 mil alunos na passagem de 2010 para 2011, fechando o ano passado com 16,360 milhões de matrículas. Nas demais faixas etárias houve menor impacto demográfico, como é o caso dos jovens de 15 a 17 anos, cujo índice de matrículas manteve-se estável, passando de 8,357 milhões para 8,400 milhões de 2010 para 2011. As matrículas em creche registraram o melhor desempenho, com crescimento de 11,3%, passando de 2,064 milhões em 2010 para 2,298 milhões no ano passado.

Patrocínio
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.