12 de Maio de 2014
Crianças que ajudam os pais com a comida se alimentam melhor, diz estudo

Veículo: 
O Dia

Bater massa de bolo, montar salada colorida ou ajudar a lavar frutas, atividades simples do dia a dia, quando atribuídas a crianças, fazem com que elas se alimentem mais e melhor. Pesquisa realizada na Suíça apontou que a galerinha que ajuda os pais a preparar refeições ingere 75% mais verduras, 27% mais frango e 25% mais calorias. Segundo a professora e nutricionista da Universidade Estadual Paulista (Unesp) Silvia Papini Berto, o principal fator para o resultado positivo é a importância que as crianças passam a dar ao alimento. "Eles ganham motivação porque o prato está sendo 'construído' na companhia e com o carinho dos pais," detalha. Ela crê que, hoje em dia, com o alto consumo de produtos industrializados, as crianças não são mais testemunhas do 'ato' de cozinhar e acabam não entendendo a importância da escolha por ingredientes saudáveis. Provar diferentes alimentos desde a infância é o principal conselho do pediatra Antônio Carlos Turner. "Nossas papilas gustativas 'enviam' informações ao cérebro, onde ficam armazenadas", diz.

Patrocínio
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.