19 de Janeiro de 2012
MEC vai recorrer de decisão judicial

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

O Ministério da Educação (MEC) afirmou ontem (18) que vai recorrer da decisão da Justiça, pois não tem condições técnicas para liberar o acesso à prova de redação e ao espelho de correção a todos os candidatos que fizeram o último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na última terça-feira (17), a Justiça Federal do Ceará determinou o acesso a esse material. O MEC argumentará que já existe um Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o Ministério Público Federal a respeito das vistas da prova. O acordo prevê que, por questões técnicas, todas as redações corrigidas serão disponibilizadas na internet somente a partir do próximo Enem. O Ministério Público Federal do Ceará também informou que pretende entrar com um pedido para estabelecer uma multa diária, em caso de descumprimento da decisão judicial.

Patrocínio
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.