06 de Junho de 2014
Mitos e verdades sobre alimentação

Veículo: 
Folha de Londrina

Ter uma alimentação saudável é de extrema importância em qualquer idade. Durante a infância, o valor dessa alimentação adequada é maior, pois as crianças se encontram em fase de crescimento. Além disso, a alimentação saudável das crianças ocupa um lugar muito importante na rotina de seus pais e das creches. Pais e educadores normalmente apresentam muitas dúvidas em relação à alimentação dos pequenos. A nutricionista do Serviço de Atendimento Materno Infantil e Puericultura do Ministério da Saúde (MS), Clariane Carvalho, presta alguns esclarecimentos. Segundo ela, o cardápio das crianças deve ser montado de forma variada seguindo a seguinte proporção: 25% com alimentos ricos em proteínas (carne, peixe, ovo e frango) complementada com as leguminosas como feijão, lentilha, ervilha, grão de bico e soja; 25% com alimentos ricos em carboidratos (arroz, massas, pães e cereais e os outros 50% com verduras, legumes (cru e cozido) e frutas.

Patrocínio
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.