10 de Janeiro de 2013
RR: Crianças podem ficar sem atendimento

Veículo: 
Folha de Boa Vista

 

Mais de 50 crianças em situação de risco e vulnerabilidade social abrigadas em Boa Vista (RR) podem ficar a qualquer momento sem assistência básica. É que os 54 funcionários do abrigo onde estão foram exonerados no início deste mês. “Só queremos um posicionamento do município. O que não pode é abandonar essas crianças. Fomos todas exoneradas, do vigia à equipe técnica. Imagina se fôssemos para casa, quem cuidaria dessas crianças, que já sofreram tantos traumas?”, lamentou uma servidora. Ontem (09), a defensora pública na área da Infância e Juventude, Terezinha Muniz, avisou que vai comunicar a situação ao Juizado e aos conselhos tutelares. “E já tenho uma audiência marcada com a secretária municipal de Gestão Social. É bom entender que a proteção da criança e do adolescente é prioridade, matéria constitucional”, ressaltou.

 

 

Patrocínio
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.