05 de Março de 2012
SP: 86,9% dos paulistanos apoiam lei que proíbe bebida a crianças e adolescentes

Veículo: 
O Estado de S. Paulo

Em vigor há três meses, a legislação que pune o comerciante que vende bebida alcoólica a crianças e adolescentes no estado de São Paulo tem o apoio de 86,9% dos moradores da capital. Pela lei, nenhum comércio pode vender, oferecer ou permitir que crianças e adolescentes consumam bebidas alcoólicas, mesmo que acompanhados de pais ou responsáveis. A multa pode chegar a R$ 92,2 mil e o estabelecimento fica sujeito a interdições e à perda da licença de funcionamento. "Apesar de já proibirmos essa venda, os adolescentes não enfrentam barreiras. Agora, com a punição estabelecida, acredito que teremos avanços", diz Marcelo Ribeiro, da Unidade de Pesquisas em Álcool e Drogas da Universidade Federal de São Paulo. A Secretaria de Estado da Saúde afirma que já aplicou 1.193 multas em 104.522 inspeções realizadas.

Tags:

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.