29 de Janeiro de 2021
Vacina de covid-19 para crianças: Pfizer começa teste com 2 mil

Veículo: 
Exame

Pfizer disse que já deu a largada, com todos os cadastros e inscrições, nos testes da vacina contra a covid-19 em crianças de 12 a 15 anos. Trata-se de um passo fundamental antes que a vacina possa ser aplicada nessa faixa de idade. A informação foi publicada pela CNBC.

A Pfizer disse à CNBC que o estudo é uma extensão daquele que deu suporte à Autorização de Uso Emergencial da vacina em pessoas com 16 anos ou mais e que já conta com 2.259 crianças entre 12 e 15 anos. A empresa não está mais recrutando voluntários.

Por enquanto, a vacina, desenvolvida com a parceira alemã BioNTech, foi autorizada apenas para pessoas com 16 anos ou mais em dezembro. Os testes em crianças adolescentes são necessários para garantir a dosagem correta, além da segurança e eficácia nesses diferentes grupos, disse, também à CNBC, Evan Anderson, pediatra da Escola de Medicina da Universidade Emory.

Embora as crianças sejam menos afetadas pela covid-19 do que os adultos, elas ainda pegam o vírus e ficam doentes.  Mais de 2,5 milhões de casos de Covid-19 foram relatados em crianças até 14 de janeiro, cerca de 13% de todos os casos, de acordo com um relatório da American Academy of Pediatrics e da Children’s Hospital Association.

A Pfizer preferiu não estimar para quando espera resultados dos testes, que dependem da taxa de infecções observada para poder comparar as do grupo do placebo com aqueles que receberam a vacina. Com taxas de infecção mais altas nos Estados Unidos desde o outono, os testes de eficácia da vacina têm visto suas leituras aceleradas.

Contudo, segundo a matéria da CNBC, o recrutamento para testes em adolescentes foi mais lento do que o esperado. Ao menos, é o que está ocorrendo com a Moderna, na busca por jovens entre 12 e 17 anos,  conforme Moncef Slaoui, conselheiro-chefe da Operação Warp Speed, que concentrava o esforço de vacinas da Administração de Donald Trump, em sua última reunião em 12 de janeiro.

Nesse caso, até então, cerca de 800 crianças foram inscritas no teste ao longo de um mês, disse ele, das cerca de 3.000 necessárias. A vacina da Moderna foi autorizada para pessoas com 18 anos ou mais em dezembro, semanas depois de começar seu teste em adolescentes. A expectativa é que com a retomada das aulas, após as festas de fim de ano, a formação do grupo fique mais rápida.

Tags:

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.