Por uma perspectiva metodológica para os estudos dos sistemas e grupos de mídia: o caso do Nordeste brasileiro como referência

(2005)

Autor(es):

Anamaria Fadul e Edgard Rebouças

Baixar PDF

(49,65 KB)

 

Este artigo visa oferecer um perspectiva metodológica para os estudos dos sistemas e grupos de mídia, tendo como amostra a realidade do Nordeste brasileiro. Ele se origina de dois projetos de pesquisa que se entrecruzam: “Grupos midiáticos do Nordeste brasileiro: processo de regionalização e internacionalização”, desenvolvido na Universidade Metodista de São Paulo por Anamaria Fadul; e “Grupos regionais de mídia: estratégias globais do mercado de comunicação e de cultura”, em realização na Universidade Federal de Pernambuco por Edgard Rebouças. O que pode ser observado é que boa parte dos estudos nesta área têm sido executados sem abordar toda a riqueza que oferecem as estratégias metodológicas da pesquisa em Comunicação. Por meio de uma abordagem descritiva e comparativa, com base em dados empíricos (estrutura, audiência, circulação, receita, cobertura etc.), pode-se chegar a uma análise qualitativa confrontando a realidade dos grupos de mídia com as características históricas (sociais, culturais, políticas e econômicas) da região estudada.

palavras-chave