70 adolescentes estão presos em cadeias e presídios de Minas Gerais

Veículo: Diário de Pernambuco Online - PE
Compartilhe

Dezesseis presídios e seis cadeias públicas de Minas Gerais mantêm adolescentes presos. Ao todo, 70 jovens em conflito com a lei e que deveriam cumprir medidas socioeducativas estão em estabelecimentos inadequados, segundo o governo do estado. A situação decorre da falta de vagas no sistema socioeducativo mineiro, e vai de encontro ao que estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Na semana passada, o juiz auxiliar da presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Márcio da Silva Alexandre, fez inspeções em unidades do sistema prisional de Minas e viu de perto a situação. "Os adolescentes estão abandonados. Completamente abandonados", criticou. Ele relatou à que encontrou 13 adolescentes presos em uma das cadeias públicas. No presídio Juatuba, três jovens convivem em uma cela de cerca de quatro m² com apenas duas camas de cimento, um sanitário e um chuveiro elétrico.

Temas deste texto: