AM: Rede de Pedofilia em Coari envolve mais pessoas

Veículo: A Crítica - AM
Compartilhe

O número de pessoas envolvidas na suposta rede de pedofilia no município de Coari (a 370 quilômetros de Manaus) é maior do que se imaginava. A informação é da presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara dos Deputados que apura a exploração sexual de crianças e adolescentes em todo o Brasil, deputada federal Érica Kokay (PT-DF), após realizar, nessa segunda-feira (23), mais uma audiência no município. A deputada adiantou que mais pessoas serão ouvidas pela comissão. "A amplitude do número de atores tem ficado muito evidente a cada tomada de depoimento. Precisamos traçar linhas de atuação para ver até onde vai essa rede, que outros segmentos ela pode envolver", afirmou. A CPI foi pela segunda vez a Coari colher os depoimentos de cinco pessoas, entre elas, o ex-secretário municipal de Defesa Social, o subtenente da Polícia Militar (PM) Antônio Aguiar, o fotógrafo da Prefeitura de Coari, Jaime Paiva, e Eudes de Souza, marido da secretária-adjunta de Meio Ambiente e Turismo do município, Maria Lândia Rodrigues.

Temas deste texto: