AM: Unesco vai às escolas de Manaus

Veículo: A Crítica - AM
Compartilhe

Reduzir a evasão, que chega ao índice de 13% nas escolas da capital, a violência, e conseguir a melhoria do processo ensino e aprendizagem, são alguns dos focos da parceria firmada entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), por meio do Programa Escolas Associadas (PEA). Com resultados importantes em países da América do Sul, África e Ásia na busca da melhoria das ações pedagógicas, o programa já trouxe a Manaus técnicos da organização, informou o secretário Pauderney Avelino. Eles já fizeram o diagnóstico da situação das escolas, especialmente as das zonas Norte e Leste, onde o índice de violência e tráfico de drogas é elevado, assim como de abandono e repetência, o secretário explica que essas escolas terão a prioridade das ações. "Fizemos uma reunião com dois técnicos da Unesco e apresentamos a estrutura organizacional da Semed. Agora estamos em fase de elaboração do colaboração técnica entre a Semed e a organização, focando a formação dos professores", disse a professora Socorro Horta, diretora de Gestão Educacional da Semed.

Temas deste texto: