Avanço no combate à leucemia infantil

Veículo: Zero Hora - RS
Compartilhe

Cientistas americanos anunciaram ontem (25) o avanço em um novo tipo de terapia celular imunológica que fez desaparecer a leucemia em uma menina usando suas próprias células T reprogramadas para combater o câncer. O estudo do caso de Emily Emma Whitehead, sete anos, gera a esperança de um novo caminho contra um tipo de leucemia forte, conhecida como leucemia linfoide aguda (LLA). A LLA é a forma mais comum de leucemia em crianças e costuma ter cura. No entanto, nos casos das crianças estudadas, tratava-se de um tipo de alto risco que é resistente a tratamentos convencionais, razão pela qual seus pais decidiram que participassem dos testes clínicos deste novo método. A pesquisa foi publicada na revista New England Journal of Medicine.

Temas deste texto: