BA: 50 mil já assumiram a paternidade

Veículo: A Região - BA
Compartilhe

O Ministério Público Estadual conseguiu que cerca de 50 mil homens reconhecessem a paternidade de seus filhos na Bahia, nos últimos 15 anos. O reconhecimento aconteceu graças ao trabalho dos promotores. As ações para que os pais colocassem o nome no registro dos filhos e assumissem responsabilidade com a educação deles fazem parte do Projeto Paternidade Responsável. O programa foi implantado em municípios como Itabuna, Ilhéus, Salvador, Feira de Santana e Conquista. No Brasil, o Paternidade Responsável foi lançado em 1999, para promover a busca afetiva entre pais e filhos. Os 15 anos do projeto serão comemorados durante encontro com a participação de juízes, secretários municipais de educação, assistentes sociais, defensores públicos, além de promotores. O evento será na próxima terça-feira (12), em Salvador.

Temas deste texto: