Boneca que fala… palavrão

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

Um vídeo que protesta contra o sexismo gerou controvérsia nas redes sociais nesta semana por trazer meninas com idades entre 6 e 13 anos, vestidas como princesas, proferindo palavrões cabeludos. O vídeo questiona: é mais ofensivo ver uma garotinha xingando ou o machismo imposto pela sociedade? O clipe é uma campanha do site ativista Fckh8.com, de Ohio, nos Estados Unidos, e pretende justamente usar o choque do público com o linguajar chulo das "mocinhas" para chamar atenção para a causa feminista. "Aí vão algumas palavras mais feias do que 'porra': desigualdade salarial, estupro e violência", diz uma das princesas do vídeo, para depois ressaltar que, pelo mesmo trabalho, mulheres recebem salários 23% menores do que os homens e que uma em cada cinco mulheres é abusada sexualmente em algum momento da vida. "Eu não sou uma princesa em perigo. Eu sou poderosa e estou pronta para o sucesso" acrescenta outra donzela nada indefesa.

Temas deste texto: