CE: Instituto muda de nome e passa a estudar a primeira infância

Veículo: O Povo - CE
Compartilhe

Fundado há 26 anos com o propósito de acolher e tratar crianças que sofriam com a desnutrição infantil, o Instituto de Prevenção à Desnutrição e à Excepcionalidade (Iprede) ganhou novo nome: Instituto da Primeira Infância. Agora, além das práticas que já eram executadas em favor das cerca de 1.050 crianças assistidas e suas famílias, outra função passa a ser assumida pela instituição. É o estudo da fase inicial da vida de meninas e meninos na faixa etária de zero a seis anos, fase que caracteriza a primeira infância. Uma solenidade realizada ontem (29) à tarde na sede da entidade oficializou a transformação. O presidente do Instituto, Sulivan Mota, explica que é na primeira infância que ocorre todo o desenvolvimento da pessoa nos aspectos motor, cognitivo, sensorial e afetivo.

Temas deste texto: