CE: Na escola nota dez, alunos tiram de letra a alfabetização

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

A razão do orgulho da professora Lucélia Matos, diretora da Escola Municipal Historiador Padre Antônio Gomes de Araújo, no município de Brejo Santo, na região do Cariri, no Ceará, tem nome e sobrenome: Escola Nota Dez. O colégio que ela dirige, pela segunda vez foi escolhido como um dos melhores do estado. Três turmas do 2º ano e três do 5º ano do ensino fundamental tiveram o índice de desempenho escolar entre 8,5 e 10. No caso dos alunos do 2º ano, por exemplo, eles precisam estar completamente alfabetizados, ou seja, saber ler e escrever sem tropeços. Criado em 2009, o programa Escola Nota Dez recompensa 150 escolas públicas do 2º ano e outras 150 do 5º ano que cumprem os objetivos do Programa Alfabetização na Idade Certa (Paic), do governo do estado. A Padre Antônio Gomes de Araújo também ganhou em 2011. Foi uma festa, porque, em 2009, quando Lucélia assumiu a direção, o colégio estava na lista dos 154 piores do Ceará.

Temas deste texto: