CE: Pesquisa aponta crescimento de morte de jovens

Veículo: O Popular - GO
Compartilhe

As armas de fogo foram responsáveis por 45% das mortes de jovens entre 15 e 29 anos em 2000. Depois de 10 anos, a quantidade de mortes chega a quase 60%. As proporções foram constatadas pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). Baseada em informações disponíveis no Banco de Dados do Sistema Único de Saúde (Datasus), a pesquisa mostra o crescimento das mortes de jovens por armas de fogo na década de 2000. A maioria está relacionada com o envolvimento com as drogas. "Sabe-se que parte expressiva desses óbitos ocorreu em Fortaleza. O motivo do salto nesse período precisa ser melhor entendido, mas, certamente, o rápido crescimento do tráfico de drogas no estado (…) é uma variável importante a ser considerada, especialmente o crack", informa a pesquisa.

Temas deste texto: