Copa adianta ano letivo e escola fica sem professor

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

Alunos da rede estadual de São Paulo estão sem aula por falta de professores nesta primeira semana de atividades. O principal motivo é que muitos docentes temporários ainda não voltaram às escolas por serem obrigados a ficar de quarentena. Como o início das aulas foi adiantado por causa da Copa, há desfalque em escolas espalhadas pelo estado. No ano passado, havia 49 mil temporários da chamada categoria "O" – 21% da rede. A Secretaria Estadual da Educação não informou quantos ainda não puderam voltar por causa da quarentena obrigatória, prejudicando as aulas. A reportagem apurou casos nas zonas Leste, Sul e Norte da capital e em outras cinco cidades. Há professores que devem voltar nesta quarta-feira (30) e outros apenas na semana que vem. A Secretaria da Educação não detalhou quantas escolas estão sem aulas. Em nota, diz que o intervalo de tempo exigido entre um contrato e outro dos temporários atende à legislação, mas que garante às escolas um quadro de docentes para suprir ausências.

Temas deste texto: