Cresce altura de criança no Bolsa Família

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

O maior impacto da melhoria no acesso à alimentação pode ser quantificado em um dado apresentado nesta terça-feira (16) pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS): o aumento da altura média das crianças atendidas pelo programa federal Bolsa-Família. Entre 2008 e 2012, as meninas de 5 anos ficaram 0,7 centímetro mais altas; os meninos, 0,8 centímetro. A altura é considerada o indicador mais confiável de melhora na nutrição da população. O aumento de quase 1 centímetro em apenas quatro anos é creditado diretamente à melhoria no acesso à alimentação e ao acesso à saúde nos primeiros anos de vida. O estudo feito pelos ministérios do Desenvolvimento Social e da Saúde (MS) mostra que os pequenos brasileiros mais pobres estão ainda a 1,6 centímetro, no caso dos meninos, e a 1,5, no das meninas, das metas internacionais. No entanto, já estão muito mais próximos das médias nacionais.

Temas deste texto: