Crianças afetadas por tsunami no Japão precisam de apoio psicológico

Veículo: Correio Braziliense - DF
Compartilhe

Um quarto das crianças afetadas pelo tsunami ocorrido no Nordeste do Japão, em março de 2011, precisa de cuidados psicológicos, mostra relatório da Universidade de Tohoku. Segundo o documento, 25,9 % das crianças de 3 a 5 anos sofrem de distúrbios comportamentais – incluindo crises de violência ou alguma forma de clausura – ou sintomas diversos, como tonturas, náuseas e dores de cabeça. A proporção, observada entre setembro de 2012 e junho de 2013, de 178 crianças nos três municípios mais afetados pelo tsunami, é quase três vezes superior à encontrada em outras regiões não atingidas pelo desastre, de acordo com a equipe responsável pelo trabalho, liderada pelo professor Shigeo Cure. O balanço do tsunami de 11 de março de 2011 no Japão registra 21.360 mortos e mais de 6 mil feridos. Mais de um milhão de casas foram parcial ou totalmente destruídas.

Temas deste texto: