DF: Em Santa Maria, escola está cercada pelo medo

Veículo: Jornal de Brasília Online - DF
Compartilhe

Após um tiroteio ocorrido na tarde de terça-feira (21), em frente ao Centro de Ensino Fundamental 209 de Santa Maria (DF), a rotina de estudantes, professores e moradores da região volta aos poucos ao normal. A sensação de medo e insegurança é geral, apesar de não ser a primeira vez que um crime deste tipo ocorre ali – em março um estudante foi baleado dentro da escola. Por medida de segurança, dois homens do Batalhão Escolar (1º BPM) permaneceram no colégio durante todo o dia de ontem. Ainda assim, os docentes reclamam da falta de policiamento e dizem que já solicitaram que uma equipe fique permanentemente nas redondezas, mas não foram atendidos. De acordo com a Secretaria de Educação, há 654 escolas públicas e 21 creches do Distrito Federal. São 472 mil estudantes e 32 mil professores no quadro de pessoal. Sem contar com os seis mil professores temporários, os 11,5 mil servidores administrativos e os 7,3 mil funcionários terceirizados: um montante de quase 600 mil pessoas circulando nas escolas públicas do DF diariamente.

Temas deste texto: