DF: Reunião define desativação do Caje

Veículo: Correio Braziliense - DF
Compartilhe

 

Palco de 25 mortes nos últimos 15 anos, a superlotada Unidade de Internação do Plano Piloto (IUPP), antigo Centro de Atendimento Juvenil Especializado (Caje), em Brasília (DF), deverá ser desativada até o fim de 2013. Hoje, representantes de várias instituições reúnem-se para discutir o processo de transferência dos 400 adolescentes internados. O local tem capacidade para 162. Na ocasião, será assinado um termo de compromisso. Nele, o Governo do Distrito Federal (GDF) garante entregar pelo menos cinco novas instituições para receber jovens em conflito com a lei. O encontro contará com a presença de representantes do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), da Secretaria da Criança e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
 
Transferência – No mês passado, o Conselho Nacional de Justiça recomendou, pela segunda vez, o encerramento de todas as atividades no Caje. As meninas internadas no local foram levadas para o Centro de Internação de Adolescentes Granja das Oliveiras (Ciago), no Recanto das Emas, mas a medida não pôde ser estendida aos meninos, responsáveis por ocupar mais de 95% do sistema.
Temas deste texto: