Dilma promete 6 mil creches, mas entrega sete

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

A presidente Dilma Rousseff prometeu entregar 6 mil creches até 2014, mas chega à metade do mandato com apenas sete unidades prontas – uma execução abaixo de 1% -, sem previsão de quando serão inauguradas novas unidades. A primeira meta do Plano Nacional de Educação (PNE) é "ampliar, até 2020, a oferta da educação infantil de forma a atender 50% da população de até três anos". Segundo pesquisa do Dieese em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres, apenas 18% das 10 milhões de crianças em idade adequada para ir à creche, estavam matriculadas no ano passado. Para suprir a demanda, seriam necessárias 19 mil unidades, mais do que as 6 mil prometidas.

Área com maiores atrasos – Em novembro, a presidente disse que 3.019 creches estavam em construção. De acordo com o Ministério da Educação, no entanto, são 1.140 em construção, 1.342 em planejamento, 503 em fase de licitação, 17 paralisadas momentaneamente (os motivos não foram informados), além de 10 com os projetos em reformulação. Somadas as sete creches entregues, chega-se ao número apresentado pela presidente. Nenhuma delas deve ficar pronta nos próximos meses, segundo o ministério. Educação é a área com mais atraso nas metas. Segundo o levantamento, apenas 4% das promessas da presidente para o setor foram implementadas até agora.

Temas deste texto: