Dos faltosos no Enem, 86% são da rede pública

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

Do total de candidatos que faltaram ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010, 86% estudaram integralmente em escolas públicas. O porcentual representa 1,1 milhão de participantes ausentes, quase um terço do total de inscritos nesse grupo. A identificação do perfil dos faltosos é o passo inicial para atacar o alto índice de abstenção no exame – próximo a 30% nas três últimas edições -, que teve um custo de R$ 90,4 milhões somente em 2012. Em outros vestibulares, a ausência costuma ser inferior a 10%. O Ministério da Educação afirmou que não previa esse perfil, mas que o quadro traçado dos faltosos é "coerente". O ministério ainda considera "lógico" punir os estudantes isentos de taxa de inscrição – a maioria dos que não compareceram às provas. A isenção na próxima edição do exame poderia ser vetada.

 

Temas deste texto: