Escolas chinesas dão remédios para que estudante não falte

Veículo: Gazeta do Povo - PR
Compartilhe

O governo chinês determinou que todos os jardins de infância e as escolas primárias do país sejam inspecionados para verificar se os alunos estão recebendo remédios antivirais sem o conhecimento de seus pais. A ordem foi dada depois que a prática foi descoberta em jardins de infância de três províncias do país. Os remédios eram dados para prevenir doenças e aumentar o comparecimento das crianças à escola. Em muitas escolas na China, o valor da anuidade é calculado tendo como base o número de dias que o aluno compareceu às aulas. O primeiro caso da irregularidade foi descoberto no começo deste mês na cidade de Xi an, no leste país.

Temas deste texto: