Governo federal prorroga vacinação contra gripe por não atingir meta

Veículo: A notícia foi publicada nos principais jornais do País - BR
Compartilhe

Prevista para terminar nesta sexta-feira (9), a campanha de vacinação contra a gripe irá prosseguir até 80% da população-alvo ser vacinada. Um dia antes do término, apenas 53,6% (21,3 milhões de pessoas) da meta fixada pelo Ministério da Saúde (MS) foi atingida.  De acordo com o MS, grávidas, indígenas e trabalhadores de saúde foram os que menos se vacinaram na campanha deste ano. Além deles, puérperas, crianças com idades entre 6 meses e 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, pessoas privadas de liberdade, funcionários de prisões e pessoas com doenças crônicas devem tomar a vacina, a qual protege contra os três subtipos do vírus Influenza que mais circularam no último inverno A H1N1, A H3N2 e o Influenza B. Em Salvador (BA), por exemplo, os 12 postos de saúde que ofertaram vacina contra a gripe desde o início da campanha prosseguem com atendimento normal nesta sexta, das 8h às 17h.

Temas deste texto: