Governo pode injetar mais R$ 1,6 bi no Bolsa Família

Veículo: A notícia foi publicada nos principais jornais do País - BR
Compartilhe

O governo federal vai turbinar o Bolsa Família com recursos anuais que podem chegar a R$ 1,6 bilhão e estuda mudar as regras do programa para contemplar mais crianças de até seis anos em extrema pobreza. O valor adicional em estudo corresponde a cerca de 10% de tudo o que foi gasto com o programa no ano passado – R$ 16,6 bilhões. O foco das medidas são crianças de zero a seis anos em famílias de ganhos individuais mensais de até R$ 70, linha oficial da miséria. A melhoria das condições socioeconômicas dessa parcela demográfica é considerada chave pelo governo para erradicar a pobreza extrema até 2014, como prometeu a presidente Dilma Rousseff. O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) também estuda acabar com o limite estabelecido para o recebimento do benefício, que é o de cinco crianças por família.

Temas deste texto: