MA: 1.639 crianças e adolescentes são submetidos a trabalho infantil em São Luís

Veículo: O Estado do Maranhão - MA
Compartilhe

Dados da Secretaria Municipal de Criança e Assistência Social de São Luís (MA), com base em levantamento organizado de 2000 até este ano, apontam que, atualmente, somente na capital maranhense, 1.639 crianças e adolescentes (de 6 a 16 anos) são submetidos à situação de trabalho infantil – fator caracterizado pelo exercício de atividades, como por exemplo a venda de produtos alimentícios em feiras, ruas e praias ou de funções manuais em oficinas de bicicletas e motocicletas. Ainda segundo dados da Secretaria, do total de jovens encontrados em situação irregular de trabalho em pelo menos 20 bairros da cidade, a maioria (12,62%) foi identificada no bairro Maracanã. Conforme a pasta, por meio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que, recentemente, se adequou a mudanças propostas pelo Ministério do Desenvolvimento Social no tratamento dos jovens sujeitos à exploração do trabalho infantil, desde 2009 foram assistidas 3.140 crianças e adolescentes identificados em situação de vulnerabilidade social (agravada muitas vezes pela ausência de medidas socioeducativas, seja no ambiente familiar ou ofertada pelo poder público).

Temas deste texto: