MA: Estudantes se arriscam para atravessar a rua em frente a escolas

Veículo: O Estado do Maranhão - MA
Compartilhe

O retorno das aulas em escolas particulares e da rede estadual após as férias foi marcado pela fluidez no trânsito, mas evidenciou mais uma vez o risco a que muitos estudantes se expõem na entrada e saída das escolas. Mesmo garantindo que iria disciplinar o trânsito no primeiro dia do segundo semestre letivo, não havia agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís (MA) nos vários pontos de embarque e desembarque de estudantes, deixando a travessia em faixas de pedestres arriscada. Em frente ao Colégio Master, no Filipinho, não houve engarrafamentos, mas os estudantes tiveram dificuldade para atravessar a via, já que muitos condutores não respeitavam a faixa de pedestres. Para atravessar a avenida, era preciso esperar muito tempo até que algum condutor concedesse a passagem. Mesmo com o risco de atropelamento, alguns estudantes preferiam correr entre os carros a ter que esperar na faixa de pedestres. No local, não havia nenhum agente de trânsito para orientar o trânsito.

Temas deste texto: