MEC reforça medidas para a aplicação das provas

Veículo: A notícia foi publicada nos principais jornais do País - BR
Compartilhe

O ministro da Educação, Aloízio Mercadante, afirmou que todas as medidas estão sendo tomadas para evitar problemas na aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste final de semana. Segundo ele, foi criado um plano de contingência que inclui ações até para o caso de falta de energia elétrica durante a prova. Ele disse ainda que estão mobilizadas as polícias, o exército e os órgãos ligados ao fornecimento de energia. Segundo Mercadante, não é só com o fornecimento de energia que o governo está preocupado. O ministro destacou que a escolha da data – após o feriado de 2 de novembro – foi feita pensando na redução de consumo de energia tradicional nesse período, bem como no trânsito menos intenso.

Segurança – O ministro disse, ainda, que os aspectos ligados diretamente ao exame, como a estrutura dos locais do exame, as questões logísticas, a qualidade da prova, e sua impressão e distribuição, também estão sendo monitorados pelo Ministério da Educação (MEC). “Estou bastante tranquilo e muito otimista. Vamos fazer um excelente Enem. Quanto à segurança, todas as medidas foram reforçadas. E todo o processo de impressão, de pré-teste, tudo isso foi feito no padrão de segurança, sem nenhum incidente até o momento”, afirmou.

 

 

Temas deste texto: