Medicina norteamericana sugere aplicação da vacina contra o HPV para meninos

Veículo: Revista Istoé - BR
Compartilhe

As autoridades de saúde dos Estados Unidos decidiram recomendar com ênfase que meninos com idade entre 11 e 12 anos sejam vacinados contra o HPV. Até agora, essas vacinas eram dadas regularmente apenas em mulheres e meninas. O HPV pode causar verrugas e levar ao desenvolvimento de câncer do colo de útero. Está associado também ao câncer de pênis, tumores anais e de orofaringe. No Brasil, a vacina pode ser tomada apenas na rede privada. A incorporação ao calendário de imunização público do País está sendo discutida. "É necessário estudar o custo e os benefícios dessa medida. Somente para meninas, a vacinação na rede pública levaria ao incremento de quase três vezes o orçamento do Programa Nacional de Nacional de Imunizações", disse o epidemiologista Jarbas Barbosa, Secretário de Vigilância em Saúde.

Temas deste texto: