Meninas estão expostas ao HPV mesmo antes da primeira relação sexual

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

Antes mesmo da primeira relação sexual, meninas já podem estar infectadas pelo HPV (papiloma vírus humano), principal causador do câncer do colo uterino e que está ligado a outros tumores, como o de ânus e de vulva. A conclusão vem de três estudos que apontam uma prevalência do vírus entre 10% e 45% em meninas que nunca tiveram relações sexuais, mas que relataram troca de carícias íntimas. O último deles, publicado em março no periódico "Journal of Infectious Diseases", avaliou 387 adolescentes de 14 a 17 anos. Dessas, 22 eram virgens e também não tinham sido vacinadas contra o HPV. Testes de PCR (que identifica o material genético do vírus) detectaram em dez delas ao menos um tipo de HPV na região vaginal. A vacinação é tida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a principal prevenção contra o vírus.

Temas deste texto: