MG: Proibição de boné com referência à maconha em escola divide opiniões

Veículo: Estado de Minas - MG
Compartilhe

A diretora da Escola Estadual Joaquim Afonso Rodrigues, Júnia Paixão, proibiu o uso pelos alunos de bonés que tenham impresso o código 4:20, considerado por ela uma apologia ao uso da maconha. A determinação foi dada no início do mês, mas a polêmica em torno do assunto só ocorreu ontem (23), provocando debate entre os alunos e nas redes sociais. De acordo com a Júnia Paixão, a proibição foi bem recebida pelos pais, mas criou polêmica entre os estudantes. A instituição é a única unidade da rede estadual em Carmo da Mata, com turmas do ensino fundamental e médio. As redes sociais e a internet são usadas intensamente pela direção para conscientizar os alunos e promover a integração da comunidade estudantil. Além de uma página no Facebook, a escola mantém um blog. Como contraponto, os alunos costumam publicar no YouTube vídeos de brigas em salas de aula ou na porta do estabelecimento de ensino. Há pelo menos três vídeos com cenas violentas.

Temas deste texto: