ONU diz que 30 mil já deixaram casas e há crianças lutando no Mali

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

A escalada dos conflitos no Mali já provocou mais de 30 mil deslocados internos, além de obrigar centenas de moradores das áreas atingidas pelo conflito a fugir para países vizinhos, como o Niger e a Mauritânia. A informação foi divulgada ontem  (15) pela Organização das Nações Unidas (ONU), que ainda acusou os islamistas de recrutarem crianças nos vilarejos para lutar contra o Exército malinês e as tropas francesas. Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), este é um dos fatores que mais preocupa. "Esse era um risco para o qual já vínhamos alertando há meses", disse a assessoria de imprensa da entidade.

 

Temas deste texto: