País estuda ampliação de vacina contra pneumococo

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

O Ministério da Saúde estuda implantar a vacinação contra as doenças causadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae, como a pneumonia, a meningite e a otite, para crianças com mais de dois anos. A afirmação foi feita durante o lançamento de um estudo sobre o impacto do pneumococo na América Latina e no Caribe, coordenado pelo Instituto de Vacinas Sabin e patrocinado pelos laboratórios Pfizer e GlaxoSmithKline, fabricantes das vacinas contra o pneumococo. Desde 2010, a vacinação para crianças de até dois anos faz parte do calendário nacional. Acima dessa idade, é preciso ter prescrição médica. Carla Domingues, coordenadora do programa de imunização do Ministério da Saúde, afirmou que a implantação de uma nova vacinação no calendário depende de estudos epidemiológicos e da relação de custo-efetivididade da vacina.

Temas deste texto: