Para a mãe, caçula parece menor

Veículo: Estado de Minas - MG
Compartilhe

Um experimento feito na Universidade de Tecnologia de Swinburne, na Austrália, concluiu que as mães tendem a enxergar seus filhos caçulas menores do que realmente são. O pesquisador Jordy Kaufman e colegas pediram para que 474 mães estimassem a altura de seus filhos mais novos e mais velhos (com idade entre 2 e 6 anos), marcando-a em uma parede branca. Em média, as mães disseram que os caçulas eram 7,5 cm mais baixos do que realmente eram. Já ao tentar adivinhar a altura dos mais velhos, as voluntárias chegavam muito perto do comprimento real. "Nossa investigação potencialmente explica por que o 'bebê da família’ nunca supera esse rótulo", diz Kaufman. O professor de Swinburne acredita que os resultados podem ser justificados pela maneira como os pais encaram o nascimento dos filhos. "A ilusão provavelmente decorre de um certo tipo de conexão emocional com o filho mais novo, o que leva os pais a ignorarem sinais de que eles estão ficando mais velhos e maiores. Usamos altura como uma medida, porque é fácil de verificar a precisão. Mas é possível que a percepção de outros aspectos também sejam influenciados pela ordem de nascimento", explica.

Temas deste texto: