Para ministro, Enem mostra que cotas são viáveis

Veículo: A notícia foi publicada nos principais jornais do País - BR
Compartilhe

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, usou o resultado do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) por escola, divulgado ontem (22), para tentar demonstrar que os futuros alunos cotistas, de escolas públicas, terão capacidade de acompanhar o curso universitário para o qual serão selecionados. Dados usados por Mercadante mostram que os 12,5% de alunos de escolas públicas mais bem colocados no Enem teriam uma média de 630,4 pontos – maior do que a média geral dos estudantes de escolas privadas, que ficou, em 2011, em 569,2 pontos. "Isso nos dá muita segurança de que os melhores alunos da escola pública terão condições de ter um bom desempenho em qualquer curso universitário que decidirem fazer. A elite do setor público é muito boa", afirmou."

Temas deste texto: