Paraná pede carteiras e armários ao governo federal para escolas

Veículo: Bem Paraná Online - PR
Compartilhe

A Secretaria de Estado da Educação do Paraná pediu móveis, equipamentos e utensílios ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para cinco escolas estaduais afetadas pelas enchentes de junho. A troca de material custará R$ 339 mil, no total. O objetivo é que o FNDE ajude na liberação dos móveis para as escolas Godofredo Machado, de São José dos Pinhais (região metropolitana de Curitiba); Professor Júlio Cesar, em Rebouças (centro-sul); Novo Milênio, em Bituruna (sul); Adiles Bordin e Ceebja (Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos), de União da Vitória (sul). As chuvas afetaram carteiras, cadeiras, mesas, armários, fogões, freezers e refrigeradores. Além desse pedido emergencial ao FNDE, a Secretaria de Estado da Educação está elaborando os projetos para obras de reparos nas escolas que sofreram danos com as chuvas de junho. As enchentes também deixaram um saldo de muros caídos, pisos e telhados danificados, paredes que precisam ser refeitas, e novas pinturas. O valor estimado para as obras é de R$ 10,6 milhões.

Temas deste texto: