PE: Menino de 11 anos surpreende ao lançar livro de 255 páginas

Veículo: Diário de Pernambuco - PE
Compartilhe

Sentado em uma poltrona no canto da sala de estar, o menino Arthur Basílio Pereira assiste concentrado a um documentário no canal pago Discovery Chanel no apartamento onde mora, na Madalena, no Recife (PE). O menino de apenas 11 anos mantém uma rotina de hábitos e comportamento incomuns para uma criança. Admirador de carros antigos, fã dos Beatles e músico (leia-se: toca bateria, teclado, guitarra, baixo…), ainda encontra tempo (e habilidade) para escrever. É autor de uma história inusitada que virou um bloco de papel de 255 páginas publicado pela Editora Livrinho de Papel Finissímo na Bienal de Pernambuco deste ano, O credo Lane. O escritor-mirim inventou título, deu nome aos personagens e ainda idealizou a ilustração da capa e do resto das páginas. A queda pela escrita surgiu bem antes. Filho dos bancários Lucivânia e Valdir Pereira, Arthur assustou a mãe quando, aos 8 anos, apareceu com uma redação de seis páginas que havia feito para uma tarefa do colégio.

Temas deste texto: