PR: Uso da carteirinha é “vacina” contra cárie

Veículo: Gazeta do Povo - PR
Compartilhe

Pais que levam os filhos para tomar vacinas num posto de saúde de Ponta Grossa (PR) têm mais um compromisso: levar a criança ao consultório odontológico do próprio posto para fazer uma consulta. A ida ao dentista é registrada na carteira nacional de vacinação, que é individual, e o retorno já fica agendado. Atrelar a ida ao dentista à vacinação foi uma ideia desenvolvida pelo dentista Geraldo Stocco. O trabalho começou em 2005 e agora a iniciativa foi reconhecida nacionalmente com o prêmio “Mostra Brasil Aqui Tem SUS”, entregue pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) no último dia 28, em Brasília. Stocco era dentista da rede pública quando percebeu que era grande o número de casos de crianças que iam ao posto de saúde para fazer tratamento de canal nos dentes de leite. Ele começou a desenvolver um trabalho preventivo. Cada paciente de zero a cinco anos que era atendido no consultório tinha a consulta registrada na carteirinha, no espaço destinado ao desenvolvimento da criança.

Temas deste texto: