Prefeitura de SP promete 3.826 vagas em creches

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

A Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SP) deve abrir 3.826 vagas em creches até o início de junho. Segundo o secretário da pasta, César Callegari, isso será possível porque a prefeitura derrubou uma decisão liminar (provisória) que impedia a criação de convênios com creches privadas. A administração não informou quais regiões devem receber as novas vagas. Em abril, uma decisão da Justiça determinou que a prefeitura encerasse os convênios com creches privadas e contratasse os funcionários dessas unidades, que respondem por dois terços das vagas na educação infantil. A ação foi promovida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), que questiona a falta de concurso público para os funcionários das creches conveniadas com a prefeitura. Callegari disse que os convênios não são uma tentativa de terceirização. De acordo com o secretário, 110 mil crianças esperam por vagas em creches, e a suspensão dos novos convênios colocava em risco a meta da prefeitura de criar 105 mil vagas até o fim da gestão Haddad (PT). Segundo ele, de janeiro a abril deste ano, 3.374 vagas em creches foram criadas.

Temas deste texto: